Share it!

sexta-feira, 23 de julho de 2010

Cala Boca Sylvester Stallone

A polêmica declaração que o astro Sylvester Stallone fez nessa quinta-feira (22) - que o Terra deu em primeira mão na imprensa -, causou revolta geral entre os internautas brasileiros.

No Twitter, o nome do astro foi parar no primeiro lugar do ranking de nomes mais digitados do mundo depois que um grupo de internautas promoveu o "Cala Boca Sylvester Stallone", movimento semelhante ao "Cala Boca Galvão", que intrigou até mesmo jornais internacionais, dada a força da mídia social.

No Brasil, a frase "Cala Boca Sylvester Stallone" já é a mais "tuitada" na mídia social.

Muitos internautas também pedem o boicote ao longa Os Mercenários, que teve cenas rodadas no Rio de Janeiro, e que tem estreia prevista no Brasil para 13 de agosto.

Piadas de mau gosto
Instigado pelo moderador do evento, Harry Knowles, dono do famoso site Ain't It Cool News, Stallone fez piada com o Brasil e, finalmente, demonstrou seu verdadeiro descontentamento com as filmagens no Rio de Janeiro.

"Gravar no Brasil foi bom, pois pudemos matar pessoas, explodir tudo e eles (os brasileiros) dizem obrigado", diz Sylvester Stallone.

Depois de sugerir problemas com a equipe de filmagem (cerca de 65 pessoas), em entrevista na semana passada, e inclusive mencionar o assunto no material oficial de divulgação do filme, o diretor e ator transformou a violência local em piada ao mencionar que foi necessário um grupo de 70 seguranças para garantir o bem estar de sua equipe.

Além disso, comentou o símbolo do B.O.P.E "os policiais de lá usam camisetas com uma caveira, duas armas e uma adaga cravada no centro; já imaginou se os policiais de Los Angeles usassem isso? Já mostra o quão problemático é aquele lugar".

A lavagem de roupa suja terminou com uma menção ao fato de "podermos ter explodido vários prédios, todos ficaram felizes e ainda trouxeram cachorros-quentes para aproveitar o fogo".
Pin It

0 comments:

Postar um comentário