Share it!

quarta-feira, 22 de setembro de 2010

Vinícola Concha y Toro

Concha y Toro é uma empresa chilena, produtora e exportadora de vinhos. Foi fundada em 1883 por Don Melchor de Concha y Toro.

A vinícola Concha y Toro é a maior do Chile e é atualmente controlada pelas famílias Guilisasti e Larrain. A empresa representa 37% do mercado interno chileno e 31,4% das exportações chilenas de vinho. 70% de suas vendas são para exportação para aproximadamente 110 países.

Em joint venture com a vinícola francesa Baron Philippe de Rothschild produz o ícone Almaviva, um vinho de primeira grandeza.

Possui vinhedos nos principais vales produtores chilenos, bem como na Argentina, ocupando uma extensão de 8.720ha.

Um de seus vinhos mais conhecidos é o Casillero del Diablo.

A visita começa com um filme sobre a criação da Concha y Toro.

O tour passa pela linda casa (chamada de Casona) na propriedade, cercada de jardins, com um lago e muitas roseiras, onde habitava Don Melchior e seus parentes; pelos campos cobertos por parreiras, conhecendo os tipos de uvas, inclusive a carmenere, que é oriunda da França, mas hoje em dia exclusiva do Chile (como fomos em setembro, já não tinha mas uvas); por todas as etapas de produção; e finalmente uma seção de degustação de dois vinhos (Casillero del Diablo e o top de linha da CyT, “Don Melchor”), onde os enólogos dão uma pequena aula aos leigos no assunto, com dicas de como segurar na taça, sentir o cheiro da bebida e prová-la.

COMO CHEGAR: é possível contratar excursões que custam entre US$ 60,00 e US$ 90,00 por pessoa. Nós fomos de taxi, pois estávamos longe de uma estação de metro e para dividir em 4 não ficou tão caro.Mas quem quiser ir por conta pegue o metrô e desça na estação Las Mercedes (Linha azul). Do centro até à estação Las Mercedes é quase 1h15m de viagem. Na saída da estação você pode pegar um táxi por uns 3000 pesos (US$ 6,00) ou pegar o metrôbus nº 71, 73, 83 e 84. A passagem do ônibus custa 450 pesos (US$ 0,90). Do metrô até à vinícola de táxi são cinco minutos. De ônibus, em 15 minutos você está lá.












A LENDA DO CASILLERO DEL DIABLO
A lenda surgiu há mais de 100 anos, quando o fundador da vinícola, Don Melchor Concha y Toro, guardou na adega subterrânea chamada “Casillero” exemplares dos melhores vinhos de cada safra. Com o tempo, ele percebeu que as garrafas estavam sumindo. Como sabia que o povo da região era muito supersticioso, inventou a história de que ali morava o Diabo. O rumor se espalhou pelo povoado e as garrafas nunca mais desapareceram. Hoje o local abriga vários barris com vinho e também uma coleção de garrafas de Don Melchor que têm entre 15 e 20 anos. As garrafas ficam guardadas atrás de um portão de ferro cadeado e com a supervisão do Diabo.
Pin It

0 comments:

Postar um comentário