Share it!

sábado, 17 de dezembro de 2011

Encontro das águas

O Encontro das Águas é um fenômeno que acontece na confluência entre o rio Negro, de água negra, e o rio Solimões, de água barrenta, onde as águas dos dois rios correm lado a lado sem se misturar por uma extensão de mais de 6 km. É uma das principais atrações turísticas da cidade de Manaus.

Esse fenômeno acontece em decorrência da diferença entre a temperatura e densidade das águas e, ainda, à velocidade de suas correntezas: o Rio Negro corre cerca de 2 km/h a uma temperatura de 22°C, enquanto que o Rio Solimões corre de 4 a 6 km/h a uma temperatura de 28°C.[1]

No período do rio cheio que vai de janeiro a julho é a melhor época para fazer um passeio para observar o encontro das águas, uma vez que as saídas dentre os igarapés são em canoas motorizadas. Pode-se entrar nos furos e braços de rios e ter a possibilidade de ver animais como: pássaros, macacos e preguiças.

O passeio sempre é realizado no Parque Ecológico do Janauari, onde também pode-se observar e tirar fotos das plantas aquáticas Vitórias-Régias. No final do passeio é em um restaurante flutuante, com a comida típica amazonense. Está em construção uma plataforma de observação do encontro projetada por Oscar Niemeyer.








Parada na Ilha de Terra Nova. Comunidade de pescadores. Aqui tivemos uma demonstração da extração do Látex.





div>






E depois uma longa caminhada na Floresta para ver a Vitoria Regia.










Feira de artesanato.






Pin It

0 comments:

Postar um comentário